Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

08
Fev24

Essas pessoas...

Mäyjo

Família…

De sangue é parente, para mim família é quem participa e faz para estar presente!

Não apenas dar presentes...

Gosto daquelas pessoas que estão sempre presentes, porque o nosso coração é a casa onde vivem.

Essas pessoas fazem-nos acreditar e continuar. Há que homenagear e agradecer a essas pessoas por tudo o que deixaram em nós.

Essas pessoas nunca partem, pois ficam guardadas na nossa gaveta da Saudade… sentimento que pode ser tantas coisas diferentes, desde a fase da perda à da memória bonita que fica.

DSC_1018.png

05
Dez23

Sonhos...

Mäyjo

Tenho sonhos como toda a gente e luto por eles, sei que nem sempre correspondem ao esperado pelos outros... mas são meus! Posso não chegar a concretizá-los, mas sou grata por viver e por poder sonhar!

Tal como a Rute, “A mãe do meu filho tem asas”, eu “Penso com o coração, ajo pela emoção e venço pelo amor. Vivo milhões de emoções num só dia e transmito cada uma delas num único olhar.”

Todos os dias abraço a vida!

46502325_1872078189554711_5606361085100687360_n.jp

05
Ago23

amor de inverno

Mäyjo

Será que foi “um amor de inverno”?

Um amor que não quiseste assumir, mas não derreteu.

Intenso, mas circunstancial, silencioso, transitório, frio e calculista, que se instalou devagar e sem se fazer anunciar. Foi doce e derramou-se na minha vida sem eu perceber.

E depois, despediu-se sem mais nada… acabou sem acabar. Foste sem ninguém querer que fosses.

Será que voltas?

Captura de ecrã 2019-03-04, às 14.49.42.png

04
Mar23

Entre um homem e outro homem...

Mäyjo

“Entre um homem e outro homem há barreiras que nunca se transpõem. Só sabemos, seguramente, de uma amizade ou de um amor: o que temos pelos outros. De que os outros nos amem nunca poderemos estar certos. E é por isso talvez que a grande amizade e o grande amor são aqueles que dão sem pedir, que fazem e não esperam ser feitos; que são sempre voz ativa, não passiva.”

Agostinho da Silva.

Entre um homem e outro homem....png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D