Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

13
Mai20

O mundo já mudou...

Mäyjo

Alguns professores sentem-se ausentes ou culpados por não conseguir dar aulas online ajustadas. Outros usam todo o seu tempo em casa para produzir materiais e criar estratégias e narram surtos de produtividade...

Tudo isso é ruído — negação e ilusão.

Neste momento, essa negação só serve para atrasar o processo fundamental da aceitação, que permite que possamos reinventar-nos nesta nova realidade.

No fim desta viagem de aceitação estão a esperança e a resiliência. 

Não importa o que vier depois: juntos, estaremos preparados e fortalecidos!

A calamidade é uma grande professora!

Temos de nos conceder permissão para ficarmos “ausentes”... para deixarmos que isso mude o modo como pensamos e como vemos o mundo.

O que realmente importa é que consigamos trabalhar para estabelecer a nossa serenidade, a produtividade e o nosso bem-estar sob estas condições prolongadas de desastre.

Nenhum de nós tem real noção de quanto tempo esta crise ainda vai durar. Gostaríamos de saber que, pelo menos depois do verão, tudo vai ficar bem...  Essa incerteza enlouquece-nos!

Porém, virá o dia em que a pandemia estará acabada. Vamos abraçar nossos vizinhos e amigos. Vamos retornar as nossas salas de aula e cantinhos do café. Nossas fronteiras voltarão a abrir-se para a livre circulação. Nossas economias, um dia, estarão recuperadas das recessões que ainda estão a chegar...

Só que, por enquanto, ainda estamos no meio desta jornada. Muita gente ainda não entendeu que de facto o mundo já mudou!

732d79f08b4b4c8b263cfd79c1d3ed3c.jpg

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D