Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

30
Ago22

Praticamente...

Mäyjo

Praticamente desde que me lembro da minha existência, que me recordo deste lugar na minha vida. E volto sempre lá... todos os anos!

Este Verão, foi diferente e apesar de algumas adversidades, soube particularmente bem. A companhia foi a melhor que podia ter escolhido neste momento. Venho de lá cansada, mas revigorada e cheia de uma energia que não existe em mais nenhum lugar!

IMG_2992.JPG

25
Ago22

O que eu peço é...

Mäyjo

O que eu peço é que não desistas de mim por qualquer crise de humor momentânea. Que me queiras assim, imperfeita e cheia de confusões.

Que pressintas os momentos em que eu preciso de uma mão passando pelo meu cabelo.

Que percebas que, às vezes, tudo o que eu preciso é do silêncio do mundo e do ruído da tua, da nossa... respiração. 
Que repares que eu me esforço, embora às vezes não seja da maneira certa.

O que eu peço é.jpg

 

18
Ago22

Colecionadores de memórias...

Mäyjo
Somos colecionadores de memórias.
Registamos momentos, alegrias... altos e baixos da vida.
Guardamos os livros que mais nos marcaram.
Vamos colecionando memórias de gestos, de imagens ou de sons... Ouvimos vezes sem conta as músicas que nos transmitem energia. Registamos os filmes que nos fizeram chorar, rir ou pular de entusiasmo.
Guardamos as palavras e o carinho de quem acreditou em nós e nos disse: «Vai, tu és capaz!»
Vamos colecionando experiências, encontros, sentimentos.
Registamos os momentos que nos fizeram felizes: recordamos com nostalgia o sabor do primeiro beijo, a lembrança de passear junto ao mar de mão dada, a alegria de ver as estrelas numa noite de Verão, ou os sentimentos “pululantes” do dia do nosso casamento!
Guardamos com um sorriso as pessoas que nos fazem sentir bem, com quem gostamos de estar. Somos aquilo que vivemos!!
 

13427895_10204645685341647_629150316031723965_n.jp

(Do baú das mémórias: publicado originalmente no FB a 14/06/2016)
15
Ago22

Morre muita gente lentamente...

Mäyjo

Morre muita gente lentamente, e esta é a morte mais ingrata e traiçoeira, pois quando ela se aproxima de verdade, aí já estamos muito destreinados para percorrer o pouco tempo restante.

Que amanhã, portanto, demore muito para ser o nosso dia. Já que não podemos evitar um final repentino, que ao menos evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar.

Martha Medeiros

Morre muita gente lentamente.jpg

13
Ago22

Por aqui...

Mäyjo

Por aqui acordou-se ao som de um céu arreliado.

Os céus têm estado a rugir como se ralhassem connosco por nos termos portado mal... 

Em modo de bênção “salpicaram” alguma água, mas não aquela que seria necessária para que a harmonua regressasse do local para onde foi.

Há quem não aprecie a benesse de um dia de chuva e pragueje por um dia de férias “estragado” …

A natureza é sensata… somos seres naturais, mas parece que alguns desaprenderam o que isso significa...

«3.jpg

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D