Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

26
Mar22

“Ferramentas” que me ajudam a retornar ao aqui e agora

Mäyjo

Nos dias de hoje é cada vez mais importante viver no momento presente. Se não for possível fazê-lo nas 24 horas do dia, devemos de procurar situações que nos permitam usufruir do momento presente na sua plenitude e, dessa forma, recarregar as baterias, deixando os ressentimentos no passado e evitando as preocupações do futuro.

Há algumas coisas que me ajudam a “esvaziar a cabeça” e a recuperar a energia...

  1. passar tempo ao ar livre: caminhar pela praia, caminhar onde consigo ver o céu, sentir a brisa, sentar-me no meu jardim, “lagartar” ar sol, ouvir os pássaros a chilrear, jardinar;
  2. encher a banheira de água (eu sei que é pouco ecológico...) e tomar um banho de espuma quente;
  3. ouvir música calma e relaxante;
  4. beber um chá quente e fechar os olhos;
  5. passar tempo com os meus animais de estimação;
  6. fazer exercício, principalmente caminhadas;
  7. meditar;
  8. fazer os meus passatempos favoritos (pois concentram a minha atenção completamente): crochet, tricot, pintura, artesanato, desenhar...
  9. ler um bom livro;
  10. molengar numa cama de rede.

Ferramentas.jpg

 

19
Mar22

dia do pai

Mäyjo

O meu pai foi um amor sem aspas, o meu felizes para sempre.

Não se impunha e desde que eu não fizesse disparates deixava-me fazer (mais ou menos) o que eu queria. Mas como uma sombra estava sempre lá, quando era preciso. Ele estava sempre ao meu lado para me apoiar em tudo, tinha sempre a palavra certa para cada momento.

É o herói da minha estória ... é tinta para sempre inscrita em mim.

dia do pai.jpg

 

08
Mar22

O tempo...

Mäyjo

O tempo é uma forma de privilegiarmos a vida. O tempo parece que não tem fim, apesar de o contarmos em dias, horas, minutos e segundos. Se não nos atrevermos a viver intensamente chegamos ao fim e não resta nada. Ou resta muito pouco.

28870614_10208431606387307_8117319258350967934_n.j

(do baú das memórias do FB - publicado originalmente a 8/03/2028)

07
Mar22

Que os filhos possam ser sempre felizes

Mäyjo

Há quase 3 décadas, por esta altura, contigo deitado ao meu lado, sentia-me apavorada enquanto tentava conhecer cada pedacinho daquele corpo pequenino e indefeso. Não sabia na altura, como não soube durante muito tempo, que o medo nunca mais me largaria...

Se na época o meu medo passava por te alimentar devidamente e se respiravas durante a noite, hoje o meu medo está focado em saber se és feliz. E isso é avassalador... aterrador... Essa incerteza faz-nos transpor barreiras que nunca pensáramos, faz-nos cometer insanidades, rasga-nos o peito, faz-nos gritar e dar murros na mesa...

Deixar os filhos voar ao mesmo tempo que lhes guardamos um lugar vitalício debaixo da nossa asa, um lugar no nosso colo para sempre, penso que será a felicidade de um filho.

Que os filhos possam ser sempre felizes, que se mantenham únicos e íntegros, livre e seguros, doces e rebeldes...

Iremos amá-los sempre como são, melhores do que um sonho!

273654790_493899198772605_2723569483621743637_n.jp

06
Mar22

A inveja

Mäyjo

A inveja desmedida que certas pessoas têm em relação a outras é um indicador de que não estão bem na sua própria pele. É uma pura perda de tempo e não é mais do que um sintoma de incompetência...

eu empenho-me para ser invejada... (pois sei que sou... e muito),

NÃO invejo! Já tenho tudo o que quero.

A inveja .jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D