Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

25
Nov21

Aprende-se a viver...

Mäyjo

Aprende-se a viver com a ausência de algo que nunca soube bem o que era ter e se a vida abre uma ferida, o tempo ajuda a sará-la. De um ponto de vista objetivo é como se se tivesse sonhado com uma história que nunca chega a ser escrita numa folha de papel.

E de algum modo consegue-se ser feliz assim. Porque ser feliz só depende de cada um de nós e da forma como encaramos o que para uns são problemas e que para outros são apenas contextos. Ser feliz passa, também por aprender a fortalecer os nossos pontos fracos, a aplicar a energia noutras coisas (ou pessoas) que nos façam felizes.

Aprende-se a viver .jpg

 

22
Nov21

Quando me perguntam...

Mäyjo
Quando me perguntam porque estou feliz, como quem tenta saber as novidades fúteis, ou como quem deseja uma versão detalhada da ultima novidade; e eu simplesmente digo a verdade: " Estou feliz porque estou viva, e isso chega por agora!" As pessoas parecem apanhar a maior desilusão de sempre!
Mas não será a felicidade a essência da vida? Não será por isso que a procuramos tanto?

1453458_4975105875027_1254575574_n.jpg

Publicado originalmente no FB a 22/11/2013
21
Nov21

A vida acontece todos os dias

Mäyjo

A vida acontece todos os dias.

Todos os dias acordamos, vamos trabalhar, ao final do dia regressamos a casa. Andamos de carro, de transportes públicos e a pé. Carregamos os telemóveis e os portáteis. Deixamos as crianças na escola. Vamos às compras. Pensamos nos jantares. Lavamos a roupa e a louça...

Ao final do dia, o que nos resta? O que fica de cada um dos nossos dias?

Memórias? Sorrisos? Gargalhadas? Aborrecimentos? A vontade de estar noutro lugar?

Todos os que não se sentem bem com as suas rotinas, devem buscar aquilo que os faz felizes. Ter a coragem de mudar, mesmo que haja incerteza. Não devemos deixar que a rotina, que a espuma das coisas de sempre, ofusque sonhos e desejos.

As preocupações do dia-a-dia, têm uma força incrível. São impulsos que nos dominam.

Cabe a cada um de nós encontrar coragem para escolher. Pensar que a vida são dois dias e que o melhor é cuidarmos, um pouco mais, de nós. Devemos de passear, de olhar mais vezes para o céu, de ler, de parar numa esplanada e aproveitar a energia boa do sol de inverno.

Devemos abraçarmos aqueles de quem gostamos, com mais frequência.

A vida acontece todos os dias.png

 

20
Nov21

Acho que não estou sozinha...

Mäyjo

Acho que não estou sozinha quando me interrogo se o que faço afeta alguém, marca alguém (pela positiva, claro) ou deixa uma memória... Porque acredito que a vida mais não é do que uma luta pela memória.

Quando eu partir, quem se lembrará de mim e como?

Na minha profissão, no meio de tanta indiferença de tantos e tantos alunos, por vezes tenho a sensação de que passei por aqui, sem que o meu “barco” tenha alguma vez feito uma ondita, que seja, no mar.

Captura de ecrã 2021-07-20, às 16.16.13.png

 

17
Nov21

Um dos factos da vida...

Mäyjo
Um dos factos da vida é que é curta em relação ao tempo e à história, mas também é longa, cheia, extraordinária e testa-nos constantemente para ver se aprendemos as lições que foram dadas anteriormente.
Por outras palavras, a vida está constantemente a pedir-nos para apreciarmos os momentos simples do cotidiano, para não os apressar-mos, porque em breve a nossa vida terá mudado (queiramos ou não), e poderemos saborear essas memorias do tempo passado.

1384223_10201810640707303_6686193757092447648_n.jp

(Do baú das memórias do FB, publicado originalmente há 7 anos)
 
16
Nov21

Destaque

Mäyjo

obrigada.jpg

Sabe bem quando abrimos "Os meus blogs" e vemos que há reações...

mas sabe ainda melhor quando nos apercebemos que uma delas é um link feito pela equipa do SAPO Blogs. 

Bem-haja a todos que por aqui passam e perdem alguns minutos a ler o que por aqui vou escrevendo, em especial àqueles que deixam palavras de apreço! A vocês devo a situação que levou a este post. Mais uma vez, obrigada pelo destaque

Captura de ecrã 2021-11-16, às 18.41.47.png

 

 

 

15
Nov21

Viver é como escrever um romance

Mäyjo

Viver é como escrever um romance, só que não podemos usar lápis de carvão, não podemos apagar o que já “redigimos” mesmo que nos pareça mal ou consideremos que tenha sido em vão! Podemos apenas mudar de linha e escrever uma nova, com entusiasmo! Porque se existisse um meio de voltar atrás, nunca conseguiríamos seguir em frente!

Bom diiiiiiiiiaaaaaa!!!

Viver é como escrever um romance.jpg

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D