Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

14
Fev21

Celebre as suas datas

Mäyjo

Não canso de me surpreender com o facto de nós nos iludirmos com os dias que nos vão impondo.

Já é tempo de pensarmos com a nossa cabeça e não seguirmos modas que foram criadas só para nos levar a gastar os poucos euros que muito provavelmente nos irão fazer falta para coisas bem mais importantes. Não há meio de aprendermos a não nos deixarmos levar pelas tradições dos outros.

Gosto é de ser eu a definir as minhas datas, quando e como me apetece, sem ser mandada pela vontade dos outros.

Faço quando me é possível gastar os meus euros e quando estou de bem com a vida e com aqueles que me são queridos.

Já lá diz o ditado: Natal é quando um homem quiser!

14
Fev21

Hoje celebra-se...

Mäyjo

Hoje celebra-se a magia do Amor!

O Dia dos Namorados!

Gosto de datas que nos lembram a importância de sentimentos bons. Amar. É um dos mais elevados valores da nossa vida. Seja um amor eterno, seja uma paixão passageira, seja um amor/loucura, o amor de um dia, seja o amor pelos filhos, pelos pais ... a verdade, é que amar é nobre, é delicioso, mágico! Faz-nos bater o coração e sentir uma alegria transbordante. Amar torna-nos pessoas melhores.

Dia dos Namorados é para ser vivido com carinho. Se puderem surpreendam a pessoa que mais amam. Ofereçam beijos, abraços. Uma rosa, uma caixa de bombons, um presente especial. O amor é para ser vivido. Proporcionem momentos bons, daqueles que ficam guardados no coração. Um jantar à luz das velas. Um lanche com vista para o Tejo. Um passeio de mão dada por um jardim da cidade. Enviem mensagens de amor. Escrevam cartões ou bilhetes românticos.

Sejam para sempre os eternos namorados!

Imagem1.jpg

 

 

09
Fev21

A pior morte é aquela que...

Mäyjo
A pior morte é aquela que não queremos ver e somos nós os responsáveis. É quando notamos que já nada nos interessa, que nada festejamos ou nos impressiona. É quando não queremos aprender mais, nem perceber melhor. É quando desistimos dos nossos sonhos. É quando deixamos de nos maravilhar com as coisas simples. É quando tudo se torna repetitivo, sem graça, sem brilho, sem cor, sem amor…
Mas a vida recomeça quando percebemos que somos os marinheiros do nosso barco e somos os únicos capazes de mudar de rota. Os únicos capazes de perceber o que queremos.
Somos os únicos que nos aturamos desde o primeiro segundo até ao último e por isso mesmo convém conhecermo-nos, amarmo-nos e respeitarmo-nos sempre!
A vida é uma aventura fascinante!
 

1609837_10200442041093168_1891604318_n.jpg

 

08
Fev21

Será que posso?

Mäyjo

IMG_6682.JPG

Só, na minha caminhada, ouvi o meu coração.

Perguntei se podia? - Pode sim... Tudo é consentido quando o Sonho nos domina...

E nesse momento, apercebi-me que devo permitir-me sonhar. Que jamais abandonarei aquilo em que acredito. Devo confiar e acreditar e agradecer...

06
Fev21

Obrigada pelo destaque "PAI"

Mäyjo

Quando de alguma forma atribuem reconhecimento a algo que fazemos, em minha opinião, devemos sempre escrever algo a agradecer. É o caso deste post...

image.jpeg

Quando somos destacados pelo destaques do Sapo sabe sempre bem, mas desta vez teve um sabor especial!

Ontem foi um dia complicado com muito trabalho e cheio de reuniões online, nem tive tempo de passar por aqui. Hoje quando fiz a minha ronda virtual do costume constato que ontem estive em destaque!

Captura de ecrã 2021-02-06, às 07.40.01.png

Soube-me mesmo bem; principalmente porque o post de ontem era sobre a imortalidade o meu pai. Ontem era o dia de aniversário dele... e mais uma vez ela consegue dar-me "presentes" mesmo sem já estar entre nós.

O que posso dizer... só me ocorre uma palavra: OBRIGADA!!

Obrigada à equipa do Sapo Blogs e obrigada Pai por este mimo!!

Vais estar sempre connosco, porque não morreste na nossa memória.

 

05
Fev21

A imortalidade

Mäyjo

Se o meu pai fosse vivo faria hoje 82 anos... 

Cada um de nós, quando tem um filho, transporta o passado até ao presente e perpetua-o no futuro. Eu há 27 anos eternizei os meus antepassados e dei mais um passo no caminho da imortalidade, pois acho que através de um filho nos tornamos imortais!

Por exemplo, os avós não morrem! ... porque ficam gravados nas nossas emoções de um modo mais perfeito e profundo do que a simples genética. Eles nos ensinaram a ir um pouco mais devagar e ao ritmo deles, a desfrutar uma tarde no campo, a descobrir que os bons livros têm um cheiro especial e que existe uma linguagem que vai muito mais além das palavras! É a linguagem de um abraço, de um carinho, de um sorriso cúmplice... e de um passeio partilhando silêncios enquanto simplesmente se usufrui da companhia do outro, enquanto se olha o horizonte. Tudo isso perdurará para sempre, e é aí onde acontece a verdadeira eternidade das pessoas.

Nós apenas morremos quando a última pessoa viva se esquece de nós.

Mais do que apenas ser feliz quero fazer os outros felizes. Quando morrer quero sentir que deixei a minha marca e que fiz a diferença para alguém!

Gosto de sentir que posso continuar a viver através dos outros que cá vão continuar...

A minha pegada digital irá contribuir um pouco para essa imortalidade e um dia, mais tarde, os meus descendentes (netos e bisnetos) poderão pesquisar e ficar saber um pouco mais sobre mim.

71395931_2368425839919941_1127067450752368640_n.jp

 

02
Fev21

Ao longo do tempo a vida muda-nos...

Mäyjo

Ao longo do tempo a vida muda-nos. Faz-nos ganhar valores, criamos defesas, tornamo-nos dia a dia mais responsáveis, empenhamo-nos em projetos, realizamos sonhos, combatemos fracassos e medos com uma coragem até então desconhecida e somos capazes de Criar à nossa própria imagem.

A minha vida mudou há 27 anos atrás: tornei-me mãe.

O peso dessa responsabilidade tão desejada não veio com os teus 3,250 kg mas com todo um caminho percorrido de coração dado contigo.

O tempo pode passar, as rugas podem aparecer e deixar marcas, os cabelos vão branqueando, mas os nossos filhos, serão sempre, os nossos meninos.

Parabéns meu querido, um dia super feliz rodeado de amor e alegria!!

blogger-image-1560576912.jpg

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D