Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

10
Dez18

Como Alice no País das Maravilhas

Mäyjo

Eu fui ao céu e voltei.

E durou apenas algumas horas.

Porque isso é exatamente o tempo que dura a viagem à minha retrosaria favorita.

O que eu mais gosto lá? Hum, deixa dizer... botões, tecidos, fita e fitinhas, todas essas cores, fios bonitos, agulhas, linhas, missangas ... e acessórios e mais tecidos e mais botões. Isso é o que eu mais gosto lá. Yeah!

Toda a gente devia te uma loja assim também! Uma loja que realmente gosta de nos fazer sonhar! E usá-la como um lugar de terapia, talvez.

Imagem1 (2).png

 

08
Dez18

Eu amo tudo o que foi

Mäyjo

1.jpg

"Eu amo tudo o que foi

Tudo o que já não é

A dor que já me não dói

A antiga e errônea fé

O ontem que a dor deixou

O que deixou alegria

Só porque foi, e voou

E hoje é já outro dia."

                                     ♥️♥️♥️Fernando Pessoa

 
08
Dez18

Pensamento do dia

Mäyjo

 2.jpg

"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos." ♥️♥️

Desconhecido

05
Dez18

Dezembro é o único mês

Mäyjo

Dezembro é o único mês do calendário que se reveste de uma magia especial, que se espalha pelas ruas das cidades, nos entra pelas portas das casas e enche os nossos corações de uma luz que reflete esperança e generosidade.

Uma luz que nos impele a querer estar perto de quem mais gostamos, a partilhar com aqueles que nos são mais queridos pequenas lembranças que simbolizam a amizade, o carinho e a gratidão de termos todas essas pessoas boas à nossa volta.

25507670_1553083868151911_2176701989116303659_n.jpg

 

04
Dez18

HOMENAGEM ÀS MÃES

Mäyjo

IMG_8061-1024x1024.jpg

“Ela tem a capacidade de ouvir o silêncio.

Adivinhar sentimentos.
Encontrar a palavra certa nos momentos incertos.
Nos fortalecer quando tudo ao nosso redor parece ruir.
Sabedoria emprestada dos deuses para nos proteger e amparar.
Sua existência é em si um ato de amor.
Gerar, cuidar, nutrir.
Amar, amar, amar…
Amar com um amor incondicional que nada espera em troca.
Afeto desmedido e incontido, Mãe é um ser infinito.”

 

Poema de ANDERSON CAVALCANTE

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D