Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

19
Out11

Prioridades: uma lição a reter!

Mäyjo

 

Existe uma metáfora muito interessante acerca deste tema (desconhece-se o autor) e que é mais ou menos assim: um especialista em gestão do tempo quis surpreendera assistência numa conferência. Colocou um frasco grande, de boca larga, em cima da mesa, pegou depois em pedras do tamanho de um punho e perguntou: “Quantas pedras pensam que cabem neste frasco?” De seguida, começou a meter pedras até o encher. E voltou a perguntar: “Acham que está cheio?”

Todos olharam para o frasco e disseram que sim. Então ele pegou num saco com gravilha, introduziu-a no frasco e agitou-o. As pedrinhas penetraram pelos espaços deixados pelas pedras grandes. Voltou então a perguntar se estava cheio. Instalada a dúvida na plateia, ele pousou na mesa um saco com areia, que começou a despejar para o frasco. A areia infiltrava-se nos pequenos buracos deixados pelas pedras e pela gravilha. Então, pegou numa jarra com água e começou a deitá-la para dentro do frasco, que a absorvia sem transbordar. “Bom, o que acabamos de demonstrar?”, perguntou.

Um ouvinte arriscou a responder: “Que não importa o quão cheia está a nossa agenda; se quisermos, sempre conseguimos fazer com que caibam mais  compromissos.

“Não!”, explicou o especialista, “o que esta lição nos ensina é que se não colocarem as pedras grandes primeiro nunca poderão colocá-las depois... E quais são as grandes pedras nas nossas vidas? A pessoa amada, os nossos filhos, os amigos, os nossos sonhos e desejos, a nossa saúde. Lembrem-se sempre de colocar tudo isto primeiro, porque o resto encontrará o seu lugar!”

18
Out11

Paradoxo do nosso tempo

Mäyjo

Nós bebemos demais, fumamos demais, gastamos sem critérios, conduzimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e rezamos raramente.
Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.
Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos frequentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos. Fomos e voltámos à Lua, mas temos ificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistámos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores. Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planeamos mais, mas realizamos menos.
Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos.

Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas "mágicas".

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na despensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.
Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre.

Lembre-se de dar um abraço carinhoso num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer. Lembre-se de dizer "eu te amo" à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, ame... Ame muito. 
Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro. O segredo da vida não é ter tudo que você quer, mas AMAR tudo que você tem! 
Por isso, valorize o que você tem e as pessoas que estão ao seu lado.    

George Carlin

17
Out11

Pensamentos

Mäyjo

Destiny decides who you meet in your life but its your heart that decides who gets to stay in your life,
No matter how big the world is, if we are meant to be together, love will lead us to be together...!!

 

O destino decide quem encontras na tua vida, mas é o coração que decide quem vai ficar,
Não importa quão grande é o mundo, se estamos destinados a ficar juntos, o amor vai nos levar a ficar juntos...!!

16
Out11

A alimentação - Blog Action Day

Mäyjo

 

Esta campanha mundial pede que hoje, 16 de outubro, todos os blogs façam um post sobre alimentação.

Mas o que eu posso dizer sobre alimentação?

Eu poderia defender o uso dos alimentos biológicos pois não contêm aditivos químicos, são amigos do ambiente, podem ajudar a pequena economia  doméstica e tantos outros aspectos...

Ou poderia dizer para não desperdiçar comida, reaproveitar as sobras e inventar novas receitas, usar novos ingredientes.

Poderia falar de comida de plástico que é a preferida das gerações mais novas e “alimenta tudo” no nosso corpo, desde o colesterol até à diabetes, passando pela solidão

Era possível comentar as sete maravilhas da gastronomia portuguesa!
Poderia também falar de vários outros assuntos e várias outras coisas que precisam mudar urgentemente pois caso contrário a humanidade não sobreviverá. Uns em consequência da escassez, outros da superabundância!

Mas isso tudo já são assuntos mais do que batidos.

Resolvi apenas então mostrar que se não adotarmos bons hábitos, muito do que temos e usufruímos hoje deixaremos de poder apreciar no futuro.

Até mesmo um passeio à beira mar ou um simples gelado num final de tarde!

 

 

 

This campaign asks worldwide today, October 16th, bloggers to do a post about food.
But what can I say about food?
I would advocate the use of organic foods because they do not contain chemical additives and are environmentally friendly, can help the small domestic economy and many other aspects ...
Or I could say not to waste food, recycle the leftovers and inventing new recipes, new ingredients to use.
Could speak of junk food that is preferred by the younger generation and "it feeds" all in our body from cholesterol to diabetes, through loneliness ...
It was possible to comment on the seven wonders of the Portuguese gastronomy!
It could also talk about various other matters and various other things that need to move urgently because otherwise humanity will not survive. Each other as a result of lack or abundance!
But all that matters are already more than hit.
I decided just then to show that unless we adopt good habits, much of what we enjoy today and no longer be able to enjoy in the future.
Even a boardwalk or a simple icecream on an afternoon!

 

 

 

15
Out11

A comida – Blog Action Day

Mäyjo

Comida é algo que todos nós partilhamos em comum, mas é distinto para cada uma das nossas culturas. A nossa forma de produzir, distribuir e consumir
alimentos é crucial para o nosso futuro comum, e o desequilíbrio entre a escassez de alimentos no mundo em desenvolvimento e a superabundância de no mundo desenvolvido é insustentável para todos nós.

Assim, a Blog Action Day 2011 é uma oportunidade para abrir a conversa sobre como “alimentar” os impactos de todos nós – individualmente e  globalmente.

 

 

Food is something that we all share in common, but is distinct for each of our cultures. The way we produce, distribute and eat food is crucial to our common future, and the imbalance between the food shortages in the developing world and the glut in the developed world is unsustainable for all mankind.

So the Blog Action Day 2011 is an opportunity to start talking about how "food" impacts all of us - individually and globally.

15
Out11

Blog Action Day 2011

Mäyjo

Comida é algo que todos nós temos em comum, mas é distinto para cada uma das culturas. A nossa forma de produzir, distribuir e consumir alimentos é crucial para o nosso futuro comum, e o desequilíbrio entre a escassez de alimentos no mundo em desenvolvimento e a superabundância de no mundo desenvolvido é insustentável para todos nós.

 

 

É já amanhã!!!!

14
Out11

O teatro da vida

Mäyjo

Na peça em que decorre todo este teatro qualquer um pode ter participação. Ou somos personagens principais ou personagens secundárias. Ninguém gosta de ser público. Não na sua própria Vida!

No meu caso, no meu palco e na minha vida, o meu sentido está bem traçado. Sei quem sou, e para onde vou não importa. Simplesmente sei que vou chegar. Acabei por descobrir – o sentido da vida não é utópico. É surpreendente.

13
Out11

Blogueiros de todo o mundo, uni-vos

Mäyjo

O Blog Action Day (16 de Outubro) é uma iniciativa para mostrar e demonstrar a importância de juntar, num dia, muitas vozes a "falarem" sobre um determinado assunto, ou melhor muitos blogs a publicarem sobre um tema escolhido, ampliando desta forma a sua abordagem e discussão.   
Tema para este ano: ALIMENTAÇÃO.

Por aqui interessa acompanhar e participar na "experiência", não só pelo tema mas também porque se trata de um exemplo de utilização deste meio de comunicação e intervenção.

      Registo em http://blogactionday.org/

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D