Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

Ele há dias...

... em que me apetece dizer disparates e escrever o que me vem à cabeça, sem me preocupar em ser politicamente correcta. Este espaço vai servir para isso (pelo menos não gasto papel!).

26
Abr10

O conhecimento

Mäyjo

Os alunos vão buscar à escola muito pouco dos seus conhecimentos (um terço talvez).

Os alunos, hoje em dia, são meros receptores de informação.
Qualquer um age da mesma maneira:
– Vamos à net, lemos o texto com a opinião de outro e essa passa a ser a nossa opinião. Sem pensar, sem questionar!
Vejam os trabalhos que os alunos copiam, sem avaliar aquilo que seleccionam… Há anos atrás tive um grupo que me apresentou um trabalho sobre a floresta amazónica. Algures no texto podia ler-se o termo serapilheira. Este é um termo brasileiro (pois o texto não se referia ao tecido usado para fazer os tapetes de Arraiolos, por exemplo) que ainda hoje tento descobrir o que designa, dado que os alunos não me souberam explicar o seu significado.
 
Há que produzir conhecimento, a educação é como uma árvore cujo fruto desponta muitos anos depois de se lançar a semente á terra.
23
Abr10

Todos podemos contribuir

Mäyjo

Objetivos de Desenvolvimento do Milénio para @s Jovens do Mundo:

Todos os 191 Países-membros das Nações Unidas concordaram

em atingir estes 8 objetivos até o ano 2015:

 

Objetivo 1: Erradicar a pobreza extrema e a fome

 

 

Reduzir pela metade, até 2015, a proporção de pessoas com renda menor que US$1 por dia. E, reduzir pela metade, até 2015 a proporção de pessoas que sofrem com a fome.

 

Estima-se que 238 milhões de jovens subsistem com menos de 1 dólar por dia, e 462 milhões de jovens, com menos de 2 dólares por dia

 

Objetivo 2: Atingir o acesso universal ao ensino fundamental

 

 

Garantir que, até 2015, todas as crianças de ambos os sexos completem o ensino fundamental.

Existem 133 milhões de jovens que não sabem ler ou escrever, outros 155 milhões de crianças que não vão à escola. Ainda, há 100 milhões de crianças que, devido a diversas razões, serão forçadas a deixar a escola antes de terem aprendido a ler e escrever.

 

Objetivo 3: Promover igualdade de gênero e autonomia das mulheres

 

 

Eliminar disparidades de gênero nos ensinos fundamental e médio, de preferência até 2005, e em todos os níveis de educação no mais tardar até 2015.

 

Dois terços dos analfabetos no mundo são mulheres, e a taxa de emprego para as mulheres corresponde a  dois terços da dos homens.

  

Objetivo 4: Redução da mortalidade infantil

 

 

Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a taxa de mortalidade de crianças menores de cinco anos.

 

Existem 30.000 crianças no mundo que morrem diariamente de doenças passíveis de prevenção, ou seja,  10 milhões de crianças todos os anos.

 

Objetivo 5: Melhorar a saúde materna

 

 

Reduzir em três quartos, entre 1990 e 2015, a razão de mortalidade materna.

 

Todos os anos, mais de 500.000 mulheres morrem em decorrência de problemas na gravidez e no parto, enquanto 30 vezes esse número de mulheres sofrem de complicações relacionadas à gravidez. Complicações no parto são as principais causas de morte de jovens mulheres entre 15 e 19 anos.

  

Objetivo 6: Combater o HIV/aids, malária, e outras doenças

 

 

Até 2015, ter detido e começado a inverter a propagação do HIV/aids.

Até 2015, ter detido e começado a inverter a incidência da malária e de outras doenças importantes .

7.000 jovens entre 15 e 24 anos são infectados diariamente  pelo HIV, a maioria,  jovens mulheres.

  

Objetivo  7: Garantir a sustentabilidade ambiental

 

 

 Inserir os princípios do desenvolvimento sustentável nas políticas e programas nacionais e reverter a perda de recursos ambientais.

 

Existem 1.2 bilhões de pessoas sem acesso à água potável e 2.4 bilhões de pessoas sem acesso a saneamento básico. Estes problemas ambientais não somente afetam os jovens hoje, mas também geram severas complicações no seu futuro.

  

Objetivo 8: Estabelecer uma Parceria Mundial para o Desenvolvimento

 

 

Em cooperação com os países em desenvolvimento, formular e executar estratégias que permitam que os jovens obtenham um trabalho digno e produtivo.

 

Jovens nas áreas mais pobres não conseguem alcançar os primeiros sete objetivos do milênio sem maior assistência estratégica para seus países e melhores oportunidades de trabalho. Atualmente, metade das pessoas desempregadas no mundo tem menos de 24 anos de idade.

 

Tradução realizada por Ana Laura Aguiar, revisão Etienne França

 

21
Abr10

DICAS DE GESTÃO DE TEMPO NO TRABALHO

Mäyjo

Cada vez mais, o professor desdobra-se para a realização de múltiplas tarefas que lhe condicionam a melhor organização do seu tempo. Entre aulas, atendimento e reuniões, é obrigado a uma rigorosa gestão da agenda para que nem a actividade profissional nem a vida pessoal sejam prejudicadas.

O Magazine de Educação deu algumas sugestões:

• Faça, diariamente, um relatório das tarefas que levou a cabo e do tempo que dispensou a cada uma delas. Faça-o durante uma semana e, no final, analise os resultados.

• Deixe o seu posto de trabalho minimamente organizado no final do dia.

• Faça a distinção entre as tarefas que pode delegar e as que têm de ser, obrigatoriamente, da sua autoria.

• Evite constantes visitas à sua caixa de correio electrónico.

• Quando está a trabalhar nas tarefas importantes, faça tudo o que estiver ao seu alcance para não ser interrompido.

• Organize a informação que necessita para que não perca tempo à procura da mesma.

• Deixe espaços livres na agenda para imprevistos e reflexões.

• Aprenda a gerir reuniões para que as mesmas não se prolonguem por tempo indeterminado, tão necessário para outras actividades.

                                                                                                          Fonte: Porto Editora

 

Pois eu faço o meu balanço para a posteridade:

  • Este ano finalmente, cumpri a minha promessa: anoto todas as horas de trabalho para a escola. Moral da história: as nove horas de trabalho autónomo esgotam-se à 3ª-feira; o resto da semana são horas extraordinárias não pagas!!!
  • Já cumpria há muito – sou hiperorganizada e odeio bagunça!
  • Estou a aprender a fazer: detesto gente lenta e que deixa para amanhã o que devia ter feito ontem!
  • Não sou capaz… e não é só ao mail!
  • Já era assim!
  • Idem.
  • Quando? Será possível que o dia tenha mais umas horitas, please?!!!
  • Comigo é para fazer, faz-se e depois quem quer conversa! Se posso fazer em 30 minutos, não faço numa hora! Não é mais eficiente quem demora mais tempo, bem pelo contrário!

 

Vou rever este post daqui a seis meses para ver o que mudou – se não me esquecer … e tiver tempo ;)

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D